Açúcar Aracaju, Sergipe

Buscando por Açúcar em Aracaju? Encontre aqui endereços e telefones de profissionais especializados em Aracaju que podem te ajudar a encontrar Açúcar em sua cidade. Aproveite para conseguir dicas e mais informações sobre Açúcar com nossos artigos educativos.

G Barbosa Comercial
(79) 3243-1803
Rua Luiz Chagas 55
Aracaju, Sergipe
 
G Barbosa Comercial
(79) 3214-4277
Avenida Gonçalo Prado Rolemberg 142
Aracaju, Sergipe
 
G Barbosa Comercial
(79) 3259-5074
Avenida Presidente Tancredo Neves 4953
Aracaju, Sergipe
 
Doce e Festa
(79) 3261-1470
Rua Graccho Cardoso 61
São Cristóvão, Sergipe
 
Afra de Gois
(79) 3245-4132
Rua Major Aureliano 82 - 1
Aracaju, Sergipe
 
Hipermercado Bom Preço
(79) 3216-5500
Avenida Gonçalo Prado Rolemberg 1540
Aracaju, Sergipe
 
G Barbosa Comercial
(79) 2107-4300
Avenida Coelho e Campos 45 - 5
Aracaju, Sergipe
 
Ki Barato
(79) 3411-2711
Rua Pedro Alves Feitosa 122
Nossa Senhora da Glória, Sergipe
 
Mercadinho São Miguel
(79) 3211-2059
Rua Alagoas 375
Aracaju, Sergipe
 
Mini Mercado Preço Bom
(79) 3243-3035
Praça Professor Manoel José Belém 107
Aracaju, Sergipe
 

Açúcar

Derivado da cana-de-açúcar ou da beterraba, o açúcar é um carboidrato utilizado para doçar alimentos e líquidos. Café, bolo, suco, doces, enfim... diversos alimentos precisam de açúcar. Desde uma sobremesa aprimorada até uma xícara de chá, o açúcar está presente no nosso dia-a-dia a todo momento. Portanto, confira abaixo dicas e sugestões de compras de Açúcar.



Sugestão de Pesquisa de Preços de Açúcar por Marca
Da Barra
Caravelas
União
Outras marcas





Tabela de conteúdo
1 Guia de Compras de Açúcar
1.1 Quais são os principais tipos de açúcar que existem?
1.2 Existe algum tipo de açúcar destinado aos diabéticos?
1.3 Quais são os benefícios do açúcar para a saúde humana?
1.4 Agora que já sabemos os benefícios do açúcar, quais são os pontos fracos?
1.5 O que é melhor: açúcar ou adoçante?
2 Produtos relacionados

Guia de Compras de Açúcar
Quais são os principais tipos de açúcar que existem?
O açúcar que consumimos no nosso dia-a-dia é a sacarose, um monossacarídeo. Ela pode se apresentar, para o nosso consumo, de diversos tipos:
Açúcar mascavo: açúcar petrificado, de coloração variável entre caramelo e marrom, resultado da cristalização do mel-de-engenho, e ainda com grande teor de melaço.
Açúcar demerara: açúcar granulado de coloração amarela, resultante da purgação do açúcar mascavo, e com teor de melaço em sua composição. Este tipo é mais utilizado para exportação.
Açúcar refinado granulado: puro, sem corantes, sem umidade ou empedramento e com cristais bem definidos e granulometria homogênea. O açúcar refinado granulado é muito utilizado na indústria farmacêutica, em confeitos, xaropes de excepcional transparência e mistura seca em que são importantes pelo aspecto, escoamento e solubilidade.
Açúcar refinado amorfo: com baixa cor, dissolução rápida, granulometria fina e brancura excelente, o refinado amorfo é utilizado no consumo doméstico, em misturas sólidas de dissolução instantânea, bolos e confeitos, caldas transparentes e incolores.
Glaçúcar: o conhecido açúcar de confeiteiro, com grânulos bem finos, cristalinos, produzido diretamente na usina, sem refino e destinado à indústria alimentícia, que o utiliza em massas, biscoitos, confeitos e bebidas.
Xarope invertido: Com 1/3 de glicose, 1/3 de frutose e 1/3 de sacarose, é solução aquosa com alto grau de resistência à contaminação microbiológica, que age contra a cristalização e a umidade. É utilizado em frutas em calda, sorvetes, balas e caramelos, licores, geléias, biscoitos e bebidas carbonatadas.
Xarope simples ou açúcar líquido: transparente e límpido, é também uma solução aquosa, usada quando é fundamental a ausência de cor, caso de bebidas claras, balas, doces e produtos farmacêuticos.
Açúcar orgânico: produto de granulação uniforme, produzido sem nenhum aditivo químico, tanto na fase agrícola como na industrial. Pode ser encontrado nas versões clara e dourada. Seu processamento segue princípios internacionais da agricultura orgânica e é anualmente certificado pelos órgãos competentes. Na produção do açúcar orgânico, todos os fertilizantes químicos são substituídos por um sistema integrado de nutrição orgânica para proteger o solo e melhorar suas características físicas e químicas. Evita-se doenças com o uso de variedades mais resistentes e combatem-se pragas ( como a broca-da-cana) com seus predadores naturais – vespas, por exemplo.
(Fonte: Wikipedia)
Existe algum tipo de açúcar destinado aos diabéticos?
Sim. Uma opção para pessoas com diabetes é o açúcar mascavo, desde que sua quantidade seja computada como valor calórico e gramas de carboidrato, pois é igualmente absorvido e eleva a glicemia a patamares similares ao açúcar comum. No entanto, pesquisadores do Instituto de Botânica de São Paulo e da Universidade Federal de Lavras (UFLA) extraíram do capim-favorito – uma gramínea que cresce à beira de estradas – um tipo específico de açúcar chamado betaglucano, que pode ter um efeito benéfico: diminuir a quantidade de glicose da corrente sanguínea. Outra opção para os diabéticos é a utilização dos adoçantes artificiais.
Quais são os benefícios do açúcar para a saúde humana?
Muitos especialistas em nutrição afirmam que eliminar os açúcares radicalmente das dietas implica na diminuição de força de vontade, pois produz um efeito rebote e uma ingestão exagerada de calorias posteriormente. Dessa forma, os alimentos doces podem e devem fazer parte das nossas dietas, porém de forma moderada. Isso porque o açúcar produz uma sensação de prazer para a nossa mente. Assim, quando o seu uso é restringido, o organismo gera uma espécie de crise de ansiedade, que podem derivar em problemas psiquiátricos, como a bulimia e a anorexia (transtornos alimentares).
Agora que já sabemos os benefícios do açúcar, quais são os pontos fracos?
Em excesso, a sacarose pode acarretar diabates. Além disso, pode ser armazenada sob a forma de triglicérides, levando ao sobrepeso e à obesidade, tanto em adultos, quanto em crianças.
O que é melhor: açúcar ou adoçante?
Depende. Com moderação, ambos os produtos não causam danos à saúde. Porém, em excesso também podem ser muito maléficos. No entanto, os males que o adoçante pode fazer ao organismo humano ainda não são comprovados. O aconselhável, portanto, é utilizá-los com moderação e cautela, como qualquer outro alimento.
Produtos relacionados
Adoçante
Azeite
Biscoito Doce
Biscoito Salgado
Chá Pronto
Condimentos/Temperos/Especiarias
Creme de Leite
Enlatados/Conservas
Erva para Chimarrão
Farináceos/Cereais/Grãos
Leite Condensado
Leite de Coco
Massas
Molho/Derivados de Tomate
Óleo
A%C3%A7%C3%BAcar
Categoria: Guia de Compras | Mercearia