Auto-DVD Player Aracaju, Sergipe

Buscando por Auto-DVD Player em Aracaju? Encontre aqui endereços e telefones de profissionais especializados em Aracaju que podem te ajudar a encontrar Auto-DVD Player em sua cidade. Aproveite para conseguir dicas e mais informações sobre Auto-DVD Player com nossos artigos educativos.

Tempero Fume
(79) 8819-0003
Distrito Federal, 542 - Siqueira Campos
Aracaju, Sergipe
 
Losguita Tunning Som e Acessórios
(79) 3211-5784
Avenida Pedro Calazans, 981 Centro
Aracaju, Sergipe
 
Autocar
(79) 3211-3921
Avenida Coelho e Campos 467 F
Aracaju, Sergipe
 
Doria Peças
(79) 3241-5690
Rua Paraíba 297
Aracaju, Sergipe
 
Vip Car Acessórios e Parabrisas
(79) 3215-1314
Avenida Coelho e Campos 666
Aracaju, Sergipe
 
Mundo do Som
(79) 3211-6466
Rua Laranjeiras 1003
Aracaju, Sergipe
 
Point Car
(79) 3222-9223
Coelho e Campos, 669 - Centro
Aracaju, Sergipe
 
Pró Autopeças Som e Acessórios
(79) 3241-2221
Tv General Euclídes Figueiredo 87 lj 87
Aracaju, Sergipe
 
Júnior Peças e Acessórios
(79) 3215-4600
Avenida Coelho e Campos 419 cais A
Aracaju, Sergipe
 
Autopeças Apollo
(79) 3211-3063
Rua Santa Catarina 163
Aracaju, Sergipe
 

Auto-DVD Player

Esta é uma categoria de produtos que merece uma atenção especial, principalmente porque o Código Brasileiro de Trânsito impõe muitas restrições na hora de instalar um DVD no carro. O importante é saber que essa é uma opção legal de entretenimento para seus passageiros, mas sua atenção deve estar focada na condução do veículo.
Confira abaixo dicas e sugestões de compras de Auto-DVD Player.

Guia de Compras de Auto-DVD Player

Quais são minhas opções na hora de comprar um DVD para o carro?
Primeiramente, é preciso pensar em segurança. Lembre-se que a instalação de uma tela de DVD no painel do seu carro irá desviar sua atenção, o que pode acabar custando muito mais caro do que qualquer diversão. Por isso, ao instalar esse tipo de aparelho, pense mais no entretenimento dos passageiros do que no seu próprio.
Alguns modelos possuem uma pequena tela de cerca de 3 polegadas no próprio painel do rádio. Ela tem uma imagem pequena, mas suficiente para que o passageiro ao lado do motorista consiga assistir a vídeos. Outros possuem a tela de cerca de 7 polegadas acopladas ao painel do aparelho, ocupando assim o espaço central do console. Esse são os modelos mais comuns, mas extremamente visados por ladrões porque são mais difíceis de serem escondidos. Por fim, uma outra boa opção é a de aparelhos que ficam fixos no painel do carro, mas que têm tela destacável, que pode ser colocada no teto da cabine ou em qualquer outro lugar. Esses são os modelos ideais para quem tem crianças e quer oferecer diversão na hora de sair de casa.
Mas é na hora de tocar música, sem imagem, que estes players se destacam. Como eles possuem leitor de DVD, o usuário pode salvar até 4 Gigabytes de MP3, o que equivale a quase mil músicas em um único disco.
Eu posso levar multa assistindo ao DVD no carro?
Sim. Na verdade, só o simples fato de se ter este equipamento instalado no painel frontal de seu veículo já gera uma multa de R$ 127,69. Se você for flagrado assistindo a um filme com o carro em movimento, uma segunda infração é anotada, no valor de R$ 53,20, além de ter o carro retido até que o mesmo se adeque às normas, ou seja, sem a tela no painel frontal.
A única forma de se ter um DVD no carro, dentro da lei, é instalando a tela do DVD no teto do carro, ou nos encostos dos bancos, de forma que ela só seja visível aos passageiros dos bancos traseiros.
Como escolher o som do carro?
Algumas coisas precisam ser consideradas na hora de escolher o som do seu carro. Primeiro, pense sobre o quanto você quer gastar nesse acessório – se você não quer passar de uns R$ 300,00, isso geralmente já reduz suas opções a uma faixa bem restrita de aparelhos.
Em segundo lugar, analise qual é a sua intimidade este tipo de aparelho – se você não vai usufruir todos os recursos do aparelho como entradas USB, leitor de cartão de memória e outros, então nem pense em gastar dinheiro à toa. Isto posto, existem quatro opções para quem está pensando em botar um som no carro, mas lembre-se que esta categorização aborda apenas o som do painel e não amplificadores e alto-falantes.
Opção 1 – Com os constantes roubos de aparelho de som, muitas pessoas têm optado por comprar os rádios com toca-fitas, que custam muito barato por não ter valor de revenda, mas oferecem a possibilidade de ouvir estações de rádio e, por conseqüência, funcionar como um amplificador para ouvir músicas do MP3 player através do transmissor de FM.
Opção 2 – Os CD players atuais, mesmo em suas versões mais simples, já saem de fábrica com leitor de arquivos no formato MP3. Esses aparelhos costumam ser os mais vendidos pois são simples de operar e não representam um prejuízo “tão grande” caso você seja vítima de um roubo.
Opção 3 – São aparelhos com maior tecnologia, desde tela colorida até conexão Bluetooth e leitor de mídias como USB (pen-drives e mp3 players) e cartões de memória.
Opção 4 (aparelhos acima de R$ 500) – Aqui surge aquele consumidor que é realmente fanático pelo som do carro e certamente não pensa em gastar apenas um pouco a mais no aparelho, mas também em amplificadores e alto-falantes mais potentes. Nesta faixa de preço já é possível comprar aparelhos com leitor de DVD e pequenas telas.
Por que eu compraria um CD Player com leitor de MP3?
Em primeiro lugar, vai ser muito difícil você conseguir encontrar um auto-rádio que não tenha mais leitor de MP3. Praticamente toda indústria já percebeu que essa tendência é inevitável e, na verdade, ter ou não ter MP3 não representa diferença alguma no preço final dos aparelhos. Mas, falando sobre a tecnologia do sistema, enquanto um disco normal de música costuma armazenar cerca de 12 a 15 músicas, no formato MP3 é possível ouvir mais de 120 músicas. Ou seja, praticamente dez vezes mais músicas do que um CD no formato WAV.
Por que os CDs “pulam”?
Os primeiros aparelhos de CD realmente tinham um incômodo muito grande pois, qualquer solavanco fazia o CD “pular”, interrompendo a música e deixando o ouvinte bem chateado. Esse problema praticamente não existe mais nos CD players de hoje em dia. E o responsável por essa evolução tecnológica, além do desenvolvimento de molas e borrachas que amortecem os impactos do asfalto irregular, é a memória temporária dos aparelhos. Em outras palavras, o feixe de laser faz a leitura do CD com alguns segundos de antecipação. Toda essa informação é guardada na memória do aparelho enquanto a execução acontece. Assim, caso o CD “pule”, a interrupção da leitura não é percebida já que ela volta a acontecer normalmente antes que a execução da música chegue ao ponto em que o feixe de laser perdeu a leitura.