Champagne Santana, Amapá

Buscando por Champagne em Santana? Encontre aqui endereços e telefones de profissionais especializados em Santana que podem te ajudar a encontrar Champagne em sua cidade. Aproveite para conseguir dicas e mais informações sobre Champagne com nossos artigos educativos.

Mercantil Flor do Bairro
(96) 3281-1394
Rua Presidente Garrastazu Médici 946
Santana, Amapá
 
Mercantil Menino Jesus
(96) 3281-2418
Avenida Coelho Neto 1917 c A
Santana, Amapá
 
Supermercado e Comercial Anorato Ltda
(96) 3223-6043
Avenida Pedro Américo 1
Macapá, Amapá
 
Supermercado Santa Rita
(96) 3217-1172
Rodovia BR-156 1535
Macapá, Amapá
 
Tatiana Monteiro de Moraes
(96) 3223-9521
Rua Jovino Dinoá 1943 lj B
Macapá, Amapá
 
Mercantil Seth
(96) 3283-2312
Avenida 8ª 81
Santana, Amapá
 
Comercial Loureiro
(96) 3283-0727
Avenida 7 de Setembro 3026
Santana, Amapá
 
Mini Box Paraíso
(96) 3251-2049
Avenida Sebastião Queiroz Alcântara 3133
Macapá, Amapá
 
Supermercado Fortaleza
(96) 3217-1483
Avenida Ataíde Teive 1264
Macapá, Amapá
 
Mercantil
(96) 3251-5128
Avenida Carlos Lins Cortês 324
Macapá, Amapá
 

Champagne

O champagne ou champanhe é um vinho branco espumante mundialmente conhecido e produzido na região de Champagne-Ardenne, no nordeste da França. Feito através da fermentação da uva (Pinot Noir, Pinot Meunier e/ou Chardonnay), costumam classificá-lo como o Rei dos Vinhos. Não há, habitualmente, celebração de vulto em que o champanhe não esteja presente, tendo-se tornado o vinho das festas por excelência. Portanto, confira abaixo dicas e sugestões de compras de Champagne.



Sugestões de Champagnes
Brut
Extra Seco
Seco
Meio Seco





Tabela de conteúdo
1 Guia de Compras de Champagne
1.1 Qual é a diferença entre Espumante e Champagne?
1.2 Qual é a melhor forma para servir champagne?
1.3 Quais pratos combinam com Champagne?
1.4 Quais são as principais dicas para comprar um Champagne?
2 Sugestões de Marcas de Champagnes
3 Produtos Relacionados

Guia de Compras de Champagne
Qual é a diferença entre Espumante e Champagne?
Todo Champagne é vinho espumante, mas nem todo vinho espumante é um Champagne. Vinho espumante é o produto cujo anidrido carbônico é resultante, unicamente, de uma segunda fermentação alcoólica do vinho, em garrafa (Método Champenoise) ou em grande recipiente - como tanques de pressão (Método Charmat), com graduação alcoólica de 10° a 13° GL, com pressão mínima de três atmosferas. A expressão Champagne refere-se à região francesa da Champagne, e somente os espumantes produzidos nesta região podem levar essa denominação, sendo portanto um pleonasmo utilizar a expressão Champagne Francesa. Nas demais regiões produtoras, os espumantes recebem outras denominações: Cava (Espanha), Spumante (Itália), Sparkling Wine (Estados Unidos) e Espumante (Brasil e Portugal).
Qual é a melhor forma para servir champagne?
Para se servir um champanhe deve-se ter atenção à alguns preceitos básicos. O primeiro diz respeito à temperatura, que deve se situar em torno dos 8°C. Para se atingir esta temperatura, bastam cerca de 20 a 30 minutos num balde com água e gelo ou 3 horas de refrigerador. Não coloque seu champanhe no freezer. Atenção na hora de abrir a garrafa, não permita o estouro da rolha, pois isto tem como consequência a perda do perlage (as preciosas bolhinhas). Abra a garrafa com um suspiro. Por último, sirva na taça adequada, a do tipo flûte, previamente esfriada.
Quais pratos combinam com Champagne?
O champagne e os vinhos doces, como o Porto, combinam bem com sobremesas e para finalizar a refeição.
Quais são as principais dicas para comprar um Champagne?
A aproximação das festas de final de ano intensifica o consumo de bebidas alcoólicas e o vinho é a principal escolha do período. Algumas dicas de compra e etiqueta são essenciais para quem deseja comemorar o Natal e a chegada do Ano Novo em grande estilo e longe de ressacas deixadas por bebidas de qualidade inferior. Para isso, confira as dicas a seguir:
Você deve sempre comprar vinhos em lojas especializadas ou supermercados onde haja grande rotação dos produtos e que contem com a presença de vendedores que poderão lhe ajudar na escolha e compra dos vinhos.
O vinho é a uma bebida viva e, por isso, exigente! O ideal é que as garrafas estejam deitadas ou inclinadas, com os rótulos para cima e os gargalos voltados para fora, para que sejam facilmente identificadas e pouco manuseadas.
Você deve dar preferência aos vinhos que indiquem no rótulo sua procedência, safra (idade) e tipo de uva utilizada em sua produção. Quanto mais informações o rótulo possuir, mais qualidade terá o vinho!
Jamais compre vinhos desconhecidos em grande quantidade. Procure comprar uma garrafa para degustar antes de uma compra maior. Neste caso, adquira-os em caixas fechadas como garantia de conservação do produto.
Após a compra, evite armazená-los, em casa, próximos a produtos com odores fortes como inseticidas e materiais de limpeza, porque os odores podem passar para os vinhos, prejudicando-os e alterando seus sabores e aromas.
A geladeira entra em cena somente no dia da festa, para resfriá-los. Nunca coloque vinhos no freezer, pois o risco de congelá-los é grande. O descolamento dos rótulos também contribui para o distanciamento de congeladores. Em caso de sobras em algumas garrafas, é indicado consumir esses vinhos, no máximo, em três dias.
Outra dica importante para dia de festa é ter algumas jarras e taças de água à disposição dos convidados. A água é a principal companheira das bebidas alcoólicas porque hidrata o corpo e ameniza os efeitos do álcool.
Sugestões de Marcas de Champagnes
Moët & Chandon Brut Imperial: Marca clássica, de cor clara. Champanhe delicado com leve toque de frutas, principalmente maçã verde.
Cuvée Dom Pérignon: O nome homenageia o abade que teria inventado o champanhe. Seu aroma tem forte presença de nozes e avelãs.
Taittinger: Uma das poucas casas que continuam com estrutura familiar. A bebida tem cor clara, perlage discreta mas persistente e aromas de frutas, com destaque para o abacaxi.
Pol Roger: Uma das melhores marcas do mercado. Tem boa estrutura, com aromas de frutas frescas e ácidas e sabor intenso, que lembra pão e damasco.
Salon: Produzido apenas em anos de safra excepcional com uvas Chardonnay. Desde 1911, apenas 31 safras foram engarrafadas. Aromas cítricos marcam presença.
Cuvée Lanson: Fundada em 1760, essa casa produtora faz um dos champanhes mais finos e elegantes. Tem tom amarelo-claro e forte intensidade de perlage, aquelas bolinhas que se formam e são sinal da boa qualidade da bebida.
Gosset: Uma das casas mais antigas, produz uma bebida encorpada, de cor mais intensa (amarelo-ouro) e aroma (pão tostado).
Piper-Heidsieck: Cheio de aromas, tem espuma branca abundante e grande quantidade de perlage.
Krug: A preferida do escritor Ernest Hemingway e da atriz Ava Gardner. Tem produção pequena, de cerca de 400 000 garrafas por ano. Portanto, pode faltar às vésperas da festa.
Duval Leroy: Pouco badalada no país, essa marca de qualidade tem um amarelo mais acentuado, boa estrutura e aroma de pão tostado.
Ruinart: Uma das marcas pioneiras no uso de grandes túneis no subsolo para guardar a bebida. Ideal como aperitivo ou para acompanhar uma refeição leve.
Bollinger: Seus aromas são ricos e abundantes, lembram mel, frutas vermelhas, como groselha, e, na boca, sabores de frutas secas e um pouco de baunilha.
Veuve Clicquot Ponsardin: Tem aroma maduro que combina, com harmonia, mel, avelãs e notas florais. Vai bem com frutos do mar e peixes.
La Grande Dame: É elegantemente seco, com cor amarelo-clara e aromas variados de frutas com um leve toque de pão. A versão rosé, magnífica, deve acabar logo. Ir ao prazer.


Produtos Relacionados
Aguardente/Cachaça
Caipirinha
Caipiroska
Cerveja
Licor
Miniatura de Bebidas
Outras Bebidas Alcoólicas
Tequila
Vinho
Vodka
Whisky
Champagne
Categoria: Guia de Compras | Bebidas Alcoólicas | Vinho