Instrumentos de Sopro Cruzeiro do Sul AC

Buscando por Instrumentos de Sopro em Cruzeiro do Sul? Encontre aqui endereços e telefones de profissionais especializados em Cruzeiro do Sul que podem te ajudar a encontrar Instrumentos de Sopro em sua cidade. Aproveite para conseguir dicas e mais informações sobre Instrumentos de Sopro com nossos artigos educativos.

Musical Importadora
(68) 3322-3966
Avenida Desembargador Távora 311
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Irmãos Melo e Cia
(68) 3322-2770
Bc Mercado
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Unilar Center
(68) 3322-7907
Tv Boulevard 597
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Evandro Farias de Souza
(68) 3343-1231
Avenida Japim 1020
Mâncio Lima, Acre
 
Super Som
(68) 3224-7407
Avenida Getúlio Vargas 1178 A
Rio Branco, Acre
 
Comercial Wially
(68) 3322-6891
Rua Boulevard Thaumaturgo 627
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Utilar
(68) 3322-3672
Avenida Absolon Moreira 30
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Irmãos Melo
(68) 3322-3379
Tv Mercado 1001
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Musical Importadora
(68) 3322-3966
Avenida Desembargador Távora 311
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Queiroz Musical
(68) 3223-7899
Rua Barão do Rio Branco 51
Rio Branco, Acre
 

Instrumentos de Sopro

Guia de Compras de Instrumentos de Sopro
Instrumentos de sopro são instrumentos musicais em que o som é produzido pela vibração de uma coluna de ar. Existe uma grande diversidade de instrumentos de sopro: gaitas, saxofones, tubas, flautas, trompetes, oboés e trombones. Portanto, se você pensa em aprender a tocar um desses, confira abaixo dicas e sugestões de compras de Instrumentos de Sopro.



Sugestão de Pesquisa de Instrumentos de Sopro
Saxofone
Flauta transversal
Trompete
Outros





Tabela de conteúdo
1 Guia de Compras de Instrumentos de Sopro
1.1 Quais são os principais instrumentos de sopro?
1.2 Um pouco da história dos instrumentos de sopro...
1.3 Como não errar na hora da compra?
1.4 Como podem ser classificados os instrumentos de sopro?
1.5 Quais são os principais tipos de flautas que existem?
1.6 Qual é a diferença entre a flauta doce e a flauta transversal?
1.7 O que tenho que fazer para aprender a tocar flauta?
1.8 Quais são os tipos de trombone que existem?
1.9 Em quais estilo musicais o trompete pode ser utilizado?
1.10 Como é o som do oboé?
1.11 Um pouco sobre o saxofone...
1.12 Quais são as diferenças entre a gaita de boca e a gaita de fole?
2 Fotos de Instrumentos de Sopro
3 Produtos Relacionados

Guia de Compras de Instrumentos de Sopro
Quais são os principais instrumentos de sopro?
Os principais instrumentos de sopro são:
Gaita: instrumento musical de sopro cujos sons são produzidos por um conjunto de palhetas livres. A gaita possui em sua embocadura um conjunto de furos por onde o instrumentista sopra ou suga o ar. A gaita não possui caixa de ressonância. O gaitista usa as mãos em concha para amplificar o som do instrumento e também para produzir efeitos, como variações de afinação e intensidade ou vibrato.
Saxofone: seu som é emitido a partir da vibração de uma palheta de madeira que fica fixada à boquilha, composto basicamente por um tubo cônico com 26 orifícios que têm as aberturas controladas por 23 chaves vedadas com sapatilhas geralmente de couro (nas versões mais modernas) e uma boquilha onde se acopla uma palheta geralmente de bambu (instrumento de palheta simples). A família dos saxofones é bem extensa, mas o desenho é semelhante em todos.
Tuba: consiste em um tubo cilíndrico recurvado sobre si mesmo e que termina numa campânula em forma de sino. Dotado de bocal e de três a cinco pistões, possui todos os graus cromáticos.
Flauta: é um dos instrumentos mais antigos que se conhece, tendo sido sempre muito utilizado, pela sua facilidade de construção e pelo som melodioso, de timbre doce e suave.
Trompete: O trompete é um tubo de metal, com um bocal no início e uma campânula no fim. A distância percorrida pelo ar dentro do instrumento é controlada com o uso de pistos. Além dos pistos, as notas são controladas pela pressão dos lábios do trompetista e pela velocidade com que o ar é soprado no instrumento.
Oboé: o corpo do oboé é feito normalmente de madeira (ébano, jacarandá) e tem formato ligeiramente cônico. Ele possui uma extensão de notas menor que os outros principais instrumentos de sopro, mas é capaz de grande variedade de timbres e de estilos de tocar.
Trombone: é um instrumento musical da família dos metais. É mais grave que o trompete e mais agudo que a tuba.
Um pouco da história dos instrumentos de sopro...
História da Trompa: a trompa teve seu surgimento na França, por volta do ano de 1650, através do desenvolvimento da trompa de caça, que se originou dos primitivos instrumentos feitos com chifres de animais. Já no final do século XVII foi integrada às grandes orquestras europeias, sendo considerada indispensável nesse tipo de concerto a partir de 1830, no qual passou a ser utilizada, também, como solista por inúmeros compositores.
História do Trombone: através de documentações e pinturas de Peregrino, como as que se conservam no Escorial (Palácio dos Reis) em Madrid, somos levados a crer que um dos primeiros trombones de vara foi inventado e usado por Spartano Tyrstem no final do século XV.
História da Tuba: este instrumento é originário do ophicleide, ou seja, uma espécie de tubo com chaves utilizada por volta de 1800. Nessa época, a tuba ganhou popularidade nas pequenas bandas de metais da Grã-Bretanha, onde um antecessor do atual Sousafone era usado devido a facilidade de transportá-la. Em 1860, John Philip de Sousa tentou criar um novo tipo de tuba baseado no Helicon, dando origem ao atualmente chamado Sousafone.
História do Trompete/trombeta: os primeiros trompetes eram feitos de um tubo de cana, bambu, madeira ou osso e até conchas, e só mais tarde se fizeram de metal. Embora os trompetes sejam instrumentos de tubo essencialmente cilíndrico, há trompetes extra-europeus (por exemplo, as do antigo Egipto) que são nitidamente cônicos. Os mais primitivos eram usados à maneira de um megafone, para fins mágicos ou rituais: cantava-se ou gritava-se para dentro do tubo para afastar os maus espíritos. Até fins da Renascença predomina ainda o trompete natural, ou trombeta natural (aquela que produz os harmónico naturais).
História da flauta: A mais antiga flauta já descoberta pode ser um fragmento do fêmur de um jovem urso-das-cavernas, com dois a quatro furos, encontrado em Divje Babe na Eslovênia e teria cerca de 43 mil anos. A autenticidade desse fato, porém, é muitas vezes contestada.Em 2008, outra flauta com fabricada há pelo menos 35 mil anos foi descoberta na caverna Hohle Fels, perto de Ulm, Alemanha.
(Fonte: Wikipedia).
Como não errar na hora da compra?
A maioria dos instrumentos de sopro tem variantes. Observe atentamente o tipo de instrumento e as suas necessidades para que no momento da compra não se erre e leve algum outro modelo.
Como podem ser classificados os instrumentos de sopro?
A forma mais comum de realizar a classificação dos instrumentos de sopro é dividi-los em metais e madeiras. O que permite a classificação de um instrumento como metal ou madeira é o seu timbre. A diferença entre o timbre se dá pela relação entre o comprimento e a conicidade do tubo empregado na sua construção. Nos metais, o tubo é muito extenso em relação à sua baixa conicidade, e o pequeno comprimento em relação à conicidade é uma propriedade do grupo das madeiras.
Metais: compreende os instrumentos nos quais o som é produzido pela vibração direta dos lábios sobre o bocal. Nesse sentido, podemos perceber que a classificação refere-se ao com e não ao material da fabricação. Instrumentos mais comuns deste tipo: trompete, corneta de pistões, trombone, trompa, bombardino, tuba e sousafone.
Madeira: também como no caso dos metais, a classificação é feita pelo som e não pelo material. No caso deste grupo, os instrumentos possuem uma sub-divisão de acordo com o seu som:

Palhetas simples: são os instrumentos que utilizam uma palheta apoiada sobre uma boquilha para produzir sons. Os instrumentos mais comuns deste tipo são: clarinete, requinta, clarone).
Palhetas duplas: possuem uma palheta constituída por duas lâminas finas de bambu, ficadas ao instrumento por um tubo cilíndrico (tubel). Os instrumentos mais comuns deste tipo são os oboés e os fogotes.
Flautas: família de instrumentos em que o som é produzido pela vibração do ar contra uma aresta. Pode ser de embocadura aberta, como as flautas transversais ou fechada, como o apito e a flauta doce (ou flauta de bisel). Este grupo inclui a quena, a flauta de pan, a zampronha, o flautim ou flauta piccolo, o pífano (ou pífaro) e os tubos flautados dos órgãos.
Quais são os principais tipos de flautas que existem?
Além das conhecidas flautas doce e transversal (que discutiremos na p?oxima questão), ainda existem os seguintes tipos:
Flauta irlandesa
Flauta baixo: esta flauta se encontra a uma oitava abaixo da flauta soprano em Dó (flauta mais comum). Por causa do comprimento do tubo (aproximadamente 146 cm), ela é geralmente fabricada com bocal em forma de J, trazendo o porta-lábio ao alcance do instrumentista. Possui um som mais aveludado, ainda que mais redondo e firme que o da flauta soprano. Embora a flauta baixo seja geralmente considerada um instrumento silencioso, alguns hábeis flautistas conseguem produzir nela um considerável volume de som.
Flauta alto: a flauta alto possui um som muito melodioso, e sua função na orquestra é fazer somente parte do contralto. O instrumento é transversal, e formado por três partes, sendo que a primeira é o bocal, a segunda 8 chaves e 2 válvulas, e a terceira 1 chave e 2 válvulas.
Flauta-dupla: este tipo de flauta desapareceu no século XVI, porém era muito apreciada devido ao seu som suave.
Flauta-de-pã: nome genérico dado a instrumentos musicais constituídos por um conjunto de tubos fechados numa extremidade, ligados uns aos outros em feixe ou lado a lado. Os tubos são graduados e de diferentes tamanhos, não têm bocal e são soprados com os lábios tangenciando as extremidades superiores.
Qual é a diferença entre a flauta doce e a flauta transversal?
De uma forma básica, a diferença é que a flauta doce é uma flauta de bico, ou seja, sopra-se o ar pela ponta do instrumento. Já na flauta transversal, o instrumentista sopra o ar pela lateral do instrumento. A flauta doce é um instrumento de sopro direto, onde o som é produzido por um bocal contendo um apito, e um tubo cônico ou cilíndrico contendo diversos furos. Os elementos diferenciais da flauta transversal são as chaves e os pratos que fazem parte de seu corpo. Este, por sua vez, é um modelo mais “avançado” que a flauta doce, o que não impede que ela seja escolhida para se iniciar um curso de flauta.
O que tenho que fazer para aprender a tocar flauta?
Aprender flauta é como aprender qualquer outro instrumento musical, ou seja, é necessário que você se matricule em um conservatório para aprender o básico primeiramente. Geralmente, o curso de flauta demora em torno de dois anos, mas isso irá depender do tipo de flauta que você irá aprender. A flauta doce, por ser mais simples, pode ser aprendida em poucos meses. Porém, é importante salientar que nada adiantará se você não tiver disciplina para o treino e muita força de vontade.
Quais são os tipos de trombone que existem?
Em relação à forma, existem dois tipos distintos de trombones, a saber:
Trombone de Pisto, também chamado de Trombone de Marcha ou Trombonito: este tipo de trombone Utiliza pistos mecânicos, como o trompete. Os trombones de pisto podem ser curtos ou longos.
Trombone de Vara: Possui uma válvula móvel (vara), que, ao ser deslizada, altera o tamanho do tubo, mudando a nota musical.
Confira abaixo fotos de Trombone de Pisto e de Trombone de Vara, respectivamente.

Em quais estilo musicais o trompete pode ser utilizado?
O trompete ou trombeta pode ser utilizado em diversos gêneros musicais, sendo muito comumente encontrado na música clássica e no jazz. Em estilos mais acelerados, como o frevo, o ska e latinos, como o mambo e a salsa, bem como no maracatu rural, ele também pode ser muito encontrado.



Como é o som do oboé?
As notas graves do oboé são densas e ricas e as mais agudas, rarefeitas e penetrantes. O som do oboé é nasalado, caracteristicamente mais áspero (mais palheta) quando comparado com o timbre claro e aberto da flauta. O oboé é considerado por muito um instrumento de difícil execução, mas que a dificuldade é compensada pela beleza de seu som.
Um pouco sobre o saxofone...
Uma curiosidade sobre o saxofone (ou sax) é que, embora seja feito de metal, ele pertence à família das madeiras, pois seu som é emitido a partir da vibração de uma palheta de madeira que fica fixada à boquilha. O sax tem a capacidade de ter o poder de execução de instrumentos como os clarinetes, ao mesmo tempo que tem uma potência sonora quase tão grande quanto à das cornetas. Além disso seu timbre é um dos que mais se assemelham ao da voz humana. Os bocais desse instrumento são de vários tipos, por exemplo: bocal de som mais brilhante; bocal de som mais suave e bocal de som mais áspero, do tom do próprio sax. Também existem vários tipos de palhetas.
Quais são as diferenças entre a gaita de boca e a gaita de fole?
Gaita de fole é um instrumento da família dos aerofones, composto de pelo menos um tubo melódico (chamado ponteiro ou cantadeira, pelo qual se digita a música) e um insuflador mediado por uma válvula (chamado soprete ou assoprador), ambos ligados a um reservatório de ar (chamado fole ou bolsa). Uma peculiaridade das gaitas-de-fole é integrarem o restrito grupo de instrumentos de ar que tocam contínua e mecanicamente, sem necessidade de pausa para o músico respirar.


Já a gaita de boca é aquela que conhecemos, mais tradicional. Ela é tocada com a boca e, ao contrário da gaita de fole, o músico deve dar intervalos para realizar a respiração.

Fotos de Instrumentos de Sopro

Produtos Relacionados
Instrumentos de Cordas
Instrumentos de Percussão
Instrumentos de Teclados
Obtida de http://www.wiki2buy.com.br/Instrumentos_de_Sopro
Categoria: Guia de Compras