TV Cruzeiro do Sul AC

Buscando por TV em Cruzeiro do Sul? Encontre aqui endereços e telefones de profissionais especializados em Cruzeiro do Sul que podem te ajudar a encontrar TV em sua cidade. Aproveite para conseguir dicas e mais informações sobre TV com nossos artigos educativos.

Comercial Wially
(68) 3322-6891
Rua Boulevard Thaumaturgo 627
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Irmãos Melo
(68) 3322-3379
Tv Mercado 1001
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Irmãos Melo e Cia
(68) 3322-2770
Bc Mercado
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Novalar
(68) 3028-3532
Avenida Nações Unidas 2919 lj A
Rio Branco, Acre
 
Irmãos Melo
(68) 3322-3379
Tv Mercado 1001
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Utilar
(68) 3322-3672
Avenida Absolon Moreira 30
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Unilar Center
(68) 3322-7907
Tv Boulevard 597
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Evandro Farias de Souza
(68) 3343-1231
Avenida Japim 1020
Mâncio Lima, Acre
 
Ocidental Center
(68) 3224-0346
Avenida Getúlio Vargas 1522
Rio Branco, Acre
 
Comercial Wially
(68) 3322-6891
Rua Boulevard Thaumaturgo 627
Cruzeiro do Sul, Acre
 

TV

Este é mais um daqueles itens que praticamente fazem parte da família brasileira. Companheira no final do dia para assistir ao telejornal, a um capítulo da novela ou futebol, além daquele filminho depois do almoço de domingo ou o jogo de videogame, a televisão é hoje tão essencial para algumas pessoas quanto a geladeira ou o fogão.
Assim, se você está pensando em adquirir um novo aparelho de TV para sua casa, fique atento porque muitas mudanças já estão acontecendo e a chegada da TV digital ainda vai mudar bastante a forma como interagimos com a televisão. Portanto, veja abaixo algumas dicas.

Pesquise TVs por Marca
TVs LG
TVs Semp Toshiba
TVs Philips
TVs Sony





Tabela de conteúdo
1 Guia de Compras de TV
2 História da TV
2.1 Quais são as minhas opções na hora de comprar uma TV?
2.2 TV de plasma ou LCD? E as tais TVs de LED?
2.3 O que é uma TV Digital?
2.4 O que a TV Digital tem de melhor?
2.5 Vale a pena comprar um aparelho HDTV agora?
2.6 Qual a tecnologia de uma TV HDTV?
2.7 Como escolher uma HDTV?
2.8 Quais são as resoluções disponíveis para os sinais de vídeo?
2.9 Quais são as distâncias ideais para cada tamanho de tela?
2.10 Quais são os sistemas de TV Digital no mundo?
2.11 O que é um Televisor HD ready?
2.12 Qual é o prazo de transição da TV analógica para TV Digital?
2.13 Quais são as diferenças no formato da imagem e na resolução nas TVs Digitais?
3 Principais Marcas de TVs
4 Produtos Relacionados

Guia de Compras de TV
História da TV
A televisão é um dos aparelhos eletrônicos mais populares de todos os tempos. Ele trouxe para dentro de casa uma forma de entretenimento que invadiu outras mídias já existentes, como os jornais (que passaram a exibir fotografias para competir com o apelo visual das TVs) e o rádio, que tornou a sua programação mais elaborada para manter público. Como Youtube, os websites também se inspiraram nelas e passaram a exibir vídeos online, uma verdadeira revolução na internet.
Muita coisa já mudou desde que as primeiras televisões começaram a se comercializadas. No início, elas eram como rádios com discos que produziam uma imagem minúscula ao girarem. Depois, a tecnologia foi aperfeiçoada, permitindo imagens em melhor definição, mesmo que em preto e branco – a televisão a cor só chegou ao mercado em meados dos anos 50, nos Estados Unidos.
Atualmente, a sensação são as TVs digitais. Elas podem vir com os melhores avanços tecnológicos, como telas em LCD, transmissão de alta definição e em três dimensões.
Quais são as minhas opções na hora de comprar uma TV?
Atualmente, existem muitas opções para o consumidor escolher na hora de comprar uma TV.
Opção 1 – São as tradicionais TVs de Tubo (CRT), com tela convencional. Estes modelos estão cada vez mais baratos e difíceis de se encontrar no mercado, já que a tecnologia de TVs com tela plana tem conquistado cada vez mais o mercado e dominado o espaço nas prateleiras das lojas. Mesmo assim, as TVs de CRT com tela convencional podem ser encontradas desde 14 polegadas até modelos grandes, acima de 29 polegadas, que não são tão baratas, mas que possuem uma boa relação de custo-benefício.
Opção 2 – As TVs de Tela Plana são as mais populares hoje em dia. Com elas não existe deformação da imagem e isso acaba gerando, além de conforto visual, uma sensação de que a tela é ligeiramente maior. Na realidade, o que acontece é um melhor aproveitamento do espaço e uma redução dos reflexos do ambiente. Sua tecnologia também é de tubo, CRT, mas a qualidade da imagem já é sensivelmente melhor. Uma subcategoria surgida dentro da Tvs de Tubo é a de tecnologia Slim, que faz com que o espaço entre o tubo formador de imagem e a tela seja consideravelmente menor.
Opção 3 – Aqui entram as TVs de Plasma. A primeira coisa a se saber sobre as TVs de Plasma é que elas, geralmente, começam no tamanho de 42 polegadas e podem variar, principalmente na qualidade de sua resolução gráfica. As primeiras versões de TVs de Plasma lançadas há alguns anos apresentavam um problema chamado Burn-In (retenção permanente de imagem), o que prejudicou bastante a fama desse tipo de TV no mercado. Atualmente, os fabricantes de TVs de plasma contornaram o problema tornando o Burn-In coisa do passado quando a TV é usada de forma regular. A principal recomendação para se evitar Burn-In é não deixar imagens estáticas na TV durante horas seguidas nos primeiros dias de uso da TV. Após cerca de 100 horas de uso normal da TV, dificilmente o aparelho apresentará algum tipo de retenção permanente de imagem, mesmo que permaneça algumas horas com uma imagem estática - embora tal procedimento não seja recomendado. Com relação a durabilidade do painel, a maioria dos fabricantes declara o valor de 100.000 horas.
Opção 4 – As TVs de LCD, assim como as TVs de Plasma, entram na categoria de aparelhos Slim (finos). A vantagem do LCD, em comparação com a TV de Plasma é apenas na questão de consumo de energia, pois apresenta um consumo levemente inferior. Com relação a durabilidade do painel, a maioria dos fabricantes declara o valor de 60.000 horas.
Opção 5 – Apesar de serem poucos, ainda existe no mercado alguns modelos de retroprojeção. Em geral, estes televisores são reconhecidos por já terem um rack com as caixas de som acoplados, mas isso não é regra. Ao contrário dos televisores de tubo, que acabam causando um certo cansaço visual, as TVs de retroprojeção causam menor ardor da vista após um longo período.
Opção 6 - Agora existe no mercado um novo tipo de aparelho, a internet TV que se conecta a internet graças a um aplicativo chamado Smart Hub que permite o acesso a internet e ainda a realizar downloads de outros aplicativos, tal como os Tablets e Smartphones. Por isso esse aparelho também é chamado Smart TV. A conexão com a internet se dá por meio da rede sem fio disponível e a televisão ainda redistribui o sinal wireless pela casa.
TV de plasma ou LCD? E as tais TVs de LED?
Há diversas tecnologias concorrentes para telas de vídeo, desde os tradicionais tubos de raios catódicos (ou CRT, na sigla em inglês) até os promissores OLED (diodos orgânicos emissores de luz, na sigla em inglês), que ainda vai demorar alguns anos para chegar ao mercado de TV (atualmente temos apenas displays pequenos de OLED, como celulares).
Sobre as TVs de Led, embora os fabricantes usem esse nome com finalidades de Marketing, são TVs de LCD com retro-iluminação de Led. As TVs de LCD comuns usam lampadas fluorescentes atrás do painel de LCD para iluminá-lo. Isso proporciona, principalmente, a fabricação de telas mais finas e uma melhora no nível de contraste em relação aos modelos com retro-iluminação por lampadas fluorescentes.
As TVs mais cobiçadas hoje são as telas de plasma e as de cristal líquido (LCD, na sigla em inglês). Aqui vão algumas vantagens de cada uma:
Vantagens das telas de plasma:
Mais baratas que as LCD, para o mesmo tamanho de tela e resolução;
Alcançam tamanhos maiores que as LCD, a preço acessível (embora as LCD continuem evoluindo);
Reproduzem cores mais naturais;
Reproduzem preto mais preto (o preto das LCD é mais cinza devido a necessidade de retro-iluminação);
Reproduzem com mais nitidez imagens em movimento (as LCDs têm um tempo de resposta que causa um efeito cauda de cometa nas imagens em movimento);
Vantagens das telas de LCD:
Alcançam tamanhos variados, desde pequenas telas de celular até TVs de 70 polegadas. Por isso, são a única opção no mercado para telas finas menores que 42 polegadas;
São mais leves, gastam um pouco menos energia e esquentam menos que as de plasma;
Não sofrem de retenção permanente de imagem (burn in), como as TVs de plasma. Este é o defeito que faz com que imagens fixas na tela, como um logo, acabem diminuindo permanentemente a luminosidade de alguns pixels. Este efeito era mais acentuado nos primeiros plasmas e já foi minimizado nos modelos subseqüentes;
Prometem eliminar a vantagem de custo do plasma, pelo ganho de escala. Têm gozado de certa preferência dos consumidores e ainda não têm concorrentes no segmento de telas finas pequenas.
O que é uma TV Digital?
TV Digital é todo televisor que possui um sintonizador interno que permita receber as transmissões digitais sem necessidade, por exemplo, de um conversor digital. Esse televisor pode receber também transmissões analógicas. Uma das diferenças é o Padrão de transmissão de TV digital, que é o sistema digital que será usado na transmissão da TV digital. Ao contrário da TV analógica, na qual o sistema escolhido tinha que ser usado desde a produção nos estúdios de TV até o aparelho na casa do telespectador, o padrão de transmissão digital só tem impacto no envio dos sinais da estação transmissora até a antena da TV do telespectador. A maioria das emissoras já usa equipamentos digitais em seus estúdios, que independem do sistema a ser escolhido, assim como os displays digitais já existentes.
O que a TV Digital tem de melhor?
A primeira coisa que você precisa saber sobre o sistema de televisão digital é que, por enquanto, essa tecnologia não vai mudar em nada a forma como você assiste ao seu programa predileto. O que temos hoje em nossas casas, e que é denominado “Digital” pelas operadoras de TV por assinatura, é apenas um esboço do que virá a ser essa nova forma de consumir entretenimento. Em outras palavras, a transmissão de TV Digital não é sinônimo de transmissão em Alta Definição. O sinal de operadoras de TV por assinatura, como a NET e a SKY são digitais, mas a qualidade da imagem é apenas 1/6 da que existe no HDTV, sigla para High Definition Television.
A TV Digital já está no ar em diversas cidades do país. Todas as emissoras do país deverão estar transmitindo no sistema digital em Alta Definição até 2013. Quando a TV Digital chegar a sua cidade muita coisa vai mudar na forma como se vê TV. Além da qualidade da imagem e som, a TV Digital permitirá portabilidade e interatividade com o telespectador.
Fazendo uma comparação bem simples, seria como se você tivesse um computador escondido dentro da sua televisão. Será possível executar pequenos programas na sua televisão, que serão capazes de enviar informação para as redes de TV. Isto permitirá maior interação com a escolha de ângulos de câmera diferentes, participação em enquetes e programas ao vivo. No futuro, um exemplo mais simples poderia ser aplicado ao pensar naquele dia em que você ficou preso até mais tarde no trabalho e, ao chegar em casa, notou que já havia perdido metade da novela. Você só terá que possuir um celular com receptor de TV integrado e ver a novela quando quiser.
Será possível também agendar a gravação dos seus programas favoritos direto na TV, permitindo que sejam vistos mais tarde, quantas vezes quiser.
Vale a pena comprar um aparelho HDTV agora?
Antes de decidir pela compra, você precisa considerar algumas variáveis:
1) Quais as fontes que você irá utilizar para conectar ao aparelho? As fontes podem ser, por exemplo:
a) Antena de TV convencional
b) Receptor de TV a cabo
c) Receptor de TV a cabo digital
d) Receptor de TV digital
e) Aparelho de DVD
f) Aparelho de Video Cassete
g) Video Game
h) Computador
i) Aparelho de HD-DVD ou Blu ray

Se você pretende assistir apenas a TV convencional ou ligar um aparelho de vídeo cassete, cuidado pois pode decepcionar-se com a qualidade da imagem. As HDTVs funcionam melhor com fontes de alta definição. Mesmo um aparelho de DVD pode apresentar resultados ruins, dependendo do aparelho, conectores utilizados e qualidade de compressão do filme. Assim, se você pretende comprar um aparelho de HDTV com o sintonizador digital já incluso, lembre-se que é necessário conectá-lo a uma antena UHF externa. Mas desta forma, você estará investindo em um aparelho que será mais resistente às atualizações tecnológicas. O único porém é que estes aparelhos ainda são muito caros. Lembre-se também que o sintonizador digital não serve para a TV a cabo.
Qual a tecnologia de uma TV HDTV?
Antes de sair às compras, você precisa saber que a tecnologia HDTV pode estar presente em qualquer tipo de televisor, desde o convencional CRT (de tubo) até as mais modernas LCD e Plasma, basta procurar pela inscrição “HDTV Ready”. Aí cabe uma explicação muito importante: a frase “HDTV Ready”, em inglês, significa “Pronta Para HDTV”, ou seja, isso significa que o aparelho está apto a exibir imagens geradas por um sinal digital, mas nenhuma TV tem a capacidade de receber e interpretar sozinha o sinal digital. Neste ponto é que surge a discussão sobre qual sistema adotar já que será imprescindível ter um aparelho chamado Set Top Box, que se assemelha àquela caixinha da TV a cabo, para transformar o sinal digital em imagem. Esse Set Top Box só consegue interpretar um único padrão de sinal, por isso é importante esperar o Governo Brasileiro se posicionar antes de se antecipar e comprar o Set Top Box.
Como escolher uma HDTV?
De uma maneira geral, a principal característica a ser avaliada no momento de comprar sua HDTV é a capacidade de resolução do aparelho. Procure por aquelas que possuam a maior resolução possível, lembrando que aparelhos top de linha podem chegar a até 1.920X1.080 linhas, o que corresponderia a mais de dois milhões de pixels (é o que se convencionou chamar de True High Definition).
Mas não se assuste pois aparelhos com resolução de 1.280X720 linhas já conseguem oferecer uma imagem excelente. Outros fatores que podem determinar a qualidade de imagem do seu novo televisor, LCD ou Plasma, são a taxa de contraste, brilho e a quantidade de cores exibidas. Sobre a taxa de contraste, os melhores aparelhos possuem esse índice em 10.000:1, mas especialistas garantem que a partir de 800:1 já é possível assistir a imagens de boa qualidade. Já sobre a questão de brilho, você poderá se deparar com televisores que apresentam até 1.500 cd/m2. No entanto, tenha em mente que para uso doméstico um índice de 400 cd/m2 já é suficiente para o entretenimento familiar, principalmente se você tiver formas de reduzir a intensidade de luz na sua sala.
Quais são as resoluções disponíveis para os sinais de vídeo?
Os sinais de vídeo seguem padrões de resolução definidos em quantidade de linhas e tipo de varredura da tela ao desenhar a imagem. A varredura pode ser entrelaçada (interlaced scan) ou progressiva (progressive scan). A varredura progressiva produz imagens com maior nitidez e sem o efeito piscante da varredura entrelaçada.
O televisor pode ser capaz de entender e exibir um sinal de alta definição mesmo que a resolução de sua tela não seja Full HD. Neste caso, a qualidade da imagem será limitada pela resolução da tela, não do sinal.
Resolução (linhas/pixels) Descrição Tela
480i / 640X480 entrelaçados SDTV (Standard Definition 4:3 ou 16:9
480p / 852X480 progressivos EDTV (Enhanced Definition) 4:3 ou 16:9
720i / 1280X720 entrelaçados HDTV (High Definition) 16:9
1080i / 1920X1080 entrelaçados HDTV (High Definition) 16:9
720p / 1280X720 progressivos HDTV (High Definition) 16:9
1080p / 1920X1080 progressivos FullHD 16:9

Quais são as distâncias ideais para cada tamanho de tela?
Primeiramente, para se obter a melhor qualidade de imagem, vale lembrar que não adianta só comprar o melhor televisor. O tamanho da sala/quarto é a primeira coisa que devemos pensar, pois muitos não se dão conta disso e acabam se frustrando mais tarde.
Uma regra popular é que a distância ideal para se assistir TV seria duas vezes e meia o tamanho da tela. Assim, a distância ideal para assistir a uma tela de 42 polegadas seria 2,5 x 42 = 105 polegadas, ou 2,67 metros (1 pol = 2,54 cm). Mas essa regra simples não funciona bem sempre. A distância ideal depende não só do tamanho da tela, mas também de sua resolução. Se a tela tem baixa resolução, é melhor não assisti-la de perto, ou você verá claramente os píxels e perceberá uma imagem ruim. Por outro lado, se a tela tiver altíssima resolução (como 1920 x 1080), é melhor não vê-la de longe, ou você não conseguirá enxergar a perfeição dos detalhes que pagou tão caro para obter. Quer dizer, a 3 metros de distância, não faz diferença se uma TV de 42 tem resolução de 852x480, 1366x768 ou 1920x1080, pois à essa distância, seu olho verá a mesma imagem. Isso ocorre porque a 3 metros de distância, o olho humano não consegue discernir píxels menores que 1mm x 1mm (você mesmo pode fazer o teste, pintando uma bandeirinha quadriculada com quadradinhos de 1mm). Por outro lado, à mesma distância de 3 metros, nosso campo de visão só nos permite enxergar, por inteiro, telas de no máximo 65 polegadas, aproximadamente (no formato 16x9). É dessas duas limitações da visão humana que surgem as distâncias confortáveis para se assistir TV.
Para enxergar a máxima qualidade de imagem de uma tela Full HD (resolução 1920 x 1080, ou 2,1 megapixels), você terá que aproximar-se a ponto de não conseguir visualizar a tela inteira de uma só vez, de forma semelhante à experiência em uma sala de cinema. É um modo novo de ver TV. Se isso lhe incomoda, é melhor não gastar dinheiro comprando uma Full HD. Compre uma tela de resolução um pouco menor.
Sugestão de Pesquisa de Televisores por Polegadas
Aparelhos de 19 a 27 polegadas
Aparelhos de 31 a 41 polegadas
Aparelhos de 41 a 50 polegadas
Polegadas diversas





Aqui vão os tamanhos e resoluções mais freqüentes de tela e a distância sugerida para aproveitar o máximo da sua TV:
Tamanho (polegadas) Resolução (píxels) Distância sugerida (metros) Máx. dist. p/ enxergar detalhes (metros) Mín. dist. p/ ver a tela inteira (metros)
22 1680 x 1050 0,91 0,80 1,02
26 1366 x 768 1,21 1,22 1,20
32 1366 x 768 1,49 1,50 1,48
37 1366 x 768 1,72 1,74 1,71
40 1366 x 768 1,86 1,88 1,85
40 1920 x 1080 1,59 1,34 1,85
42 852 x 480 2,55 3,16 1,94
42 1024 x 768 2,12 2,30 1,94
42 1024 x 1024 2,00 2,06 1,94
42 1366 x 768 1,96 1,97 1,94
42 1920 x 1080 1,67 1,40 1,94
47 1920 x 1080 1,87 1,57 2,17
50 1366 x 768 2,33 2,35 2,31
50 1920 x 1080 1,99 1,67 2,31
52 1920 x 1080 2,07 1,74 2,40
60 1366 x 768 2,79 2,82 2,77
60 1920 x 1080 2,39 2,01 2,77
63 1920 x 1080 2,51 2,11 2,91
71 1920 x 1080 2,83 2,37 3,28

Quais são os sistemas de TV Digital no mundo?
Sistema Países
ATSC EUA, Canadá, México, Argentina e Coréia do Sul
DVB Europa, China, Índia e África do Sul
ISDB Japão, Brasil

O que é um Televisor HD ready?
É o televisor que possui sintonizador analógico, mas é capaz de reproduzir imagens com definição de 720 ou 1080 linhas horizontais. Com um conversor digital ISDB-Tb, permite exibir imagens de alta definição transmitidas pelas emissoras de TV digital no Brasil.
Qual é o prazo de transição da TV analógica para TV Digital?
A transição para a TV digital vai ser gradual. Os dois sistemas (analógico e digital) coexistirão, ou seja, as emissoras transmitirão em ambos os sistemas durante vários anos, para dar tempo ao telespectador se adaptar ao novo sistema digital adquirindo um novo receptor ou TV compatível.
Quais são as diferenças no formato da imagem e na resolução nas TVs Digitais?
Ao contrário das TVs atuais (analógicas), nas quais as telas têm a proporção de 4x3, os displays da TV digital têm a proporção de 16x9, mais ampla, mais larga, mais confortável e proporcional à vista humana. Se dividirmos a medida da largura da tela pela medida da altura, teremos a relação de aspecto. Essa proporção de 16x9 é mais próxima à das telas de cinema, que é de 22x9. Já a resolução, é o número de linhas horizontais que a TV é capaz de reproduzir, não importando se a imagem é produzida de forma progressiva ou de forma entrelaçada. É medida em linhas horizontais e padronizada no sistema ISDB em 480, 720 ou 1080 linhas.
Principais Marcas de TVs
LG
Panasonic
Philips
Semp Toshiba
Samsung
Sony
Produtos Relacionados
Videogame
Conversor de TV Digital
Home Theater
DVD Player
Obtida de http://www.wiki2buy.com.br/Guia_de_Compra_de_TV
Categoria: Guia de Compras | TV | Eletrônicos